Ir para conteúdo

NASA recruta teólogos para saber como as religiões podem reagir a um encontro com alienígenas

NASA consulta teólogos para falar sobre religião e alienígenas; entenda

agência espacial americana (NASA) vem buscando consultoria com teólogos, padres e outros especialistas da fé, no intuito de antecipar como o eventual encontro com raças alienígenas inteligentes pode impactar as religiões humanas.

De acordo com uma matéria veiculada no jornal britânico The Times, 24 especialistas entre padres católicos, pastores evangélicos, budistas, muçulmanos, hinduístas e até alguns representantes de religiões africanas estão participando de uma pesquisa veiculada pela agência. A ideia é estipular maneiras sobre como as religiões podem se preparar para um “encontro de terceiro grau”, que pode vir a desafiar algumas doutrinas de fé.

“Eu estou pesquisando e escrevendo um estudo sobre os principais tópicos da fé cristã – o que muitas vezes é referido como ‘teologia sistemática’ – do ponto de vista de outros lugares do universo”, disse Andrew Davidson, pesquisador da teologia cristã pela Universidade de Cambridge, doutor em bioquímica pela instituição e um dos especialistas consultados.

No livro Astrobiology and Christian Doctrine (Astrobiologia e Doutrina Cristã, em tradução livre) do Dr. Davison, ele analisa as grandes questões:

  • Deus poderia ter criado vida em outro lugar do universo?
  • Ele poderia ter enviado um salvador para morrer pelos pecados de uma espécie alienígena?
  • A descoberta de vida extraterrestre exigiria que as religiões reescrevessem suas histórias de criação? Ou seria aceito com facilidade pelas religiões?
  • Se você acredita que um Deus ou deuses criaram todas as criaturas, grandes e pequenas, por que não aplicar isso em todo o universo?

“Estou pensando nisso levando em consideração as doutrinas que falam sobre a criação, pecado, a pessoa e o trabalho de Jesus Cristo, redenção, revelação, escatologia e assim por diante”, ele comentou.

Segundo Davidson, que tem um livro sobre a relação da fé e da vida extraterrestre para sair em 2022, diante de um encontro com aliens, a maioria das pessoas “buscaria direcionamento em sua fé”.

O Bispo de Buckingham, o Rev. Alan Wilson da Direita, o Rabino Dr. Jonathan Romain da Sinagoga Maidenhead e o Imam Qari Asim da Mesquita de Makkah em Leeds disseram ao jornal The Times que concordavam que os ensinamentos Cristão, Judaico e Islâmico não seriam perturbados pela descoberta de vida alienígena.

Carl Pilcher, chefe do Instituto de Astrobiologia da Nasa até 2016, disse que a NASA queria que os teólogos “considerassem as implicações da aplicação das ferramentas da ciência do final do século 20 [e início do 21] a questões que foram consideradas nas tradições religiosas por centenas ou milhares de anos ”.

Ele disse que era “inconcebível” que a Terra seja o único lugar no universo que abriga vida. “Isso é simplesmente inconcebível quando existem mais de 100 bilhões de estrelas nesta galáxia e mais de 100 bilhões de galáxias no universo.”

Uma outra pesquisa publicada em 2017 afirma que pessoas que não têm uma grande aderência a qualquer religião específica, mas que trazem um senso de espiritualidade próprio, são as mais propensas a acreditar na existência de uma raça alienígena. A pesquisa estabelece que a crença pela fé e a crença na vida extraterrestre podem partir do mesmo impulso humano de “encontrar significado”.

A pesquisa é fruto de uma parceria entre a NASA e os teólogos do Centro de Pesquisas Teológicas (CTI), localizado em Nova Jersey, EUA. Segundo o diretor do centro, Will Storrar, a expectativa é a de que ela gere “trabalho acadêmico sério sendo publicado em jornais e livros”.

Os detalhes da pesquisa ainda não foram divulgados.

Olhar Digital (27.12.2021); Istoé (29.12.2021).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: