Ir para conteúdo

“Eu Gosto É De Gente Doida”– Ariano Suassuna

O filósofo francês, Gilles Deleuze disse certa feita que “O verdadeiro charme das pessoas reside nos seus traços de loucura”. Algo parecido disse o suíço, Alain de Botton: “As pessoas só ficam realmente interessantes quando começam a sacudir as grades de suas gaiolas”.

Essas ideias referem-se ao que há de mais belo no ser humano, não está em sua superficialidade, e sim, no seu interior,no seu eu-autêntico.

Nosso amado escritor Ariano Suassuna, numa Aula Espetáculo apresentada no Tribunal Superior do Trabalho, no dia 18 de abril de 2012 também falou, com o seu peculiar bom humor, sobre os benefícios da ‘loucura’:

“Eu gosto muito de história de doido. Não sei se é por identificação. Mas eu gosto muito. Eu tenho um primo, Saul. Uma vez ele disse para mim ‘Ariano, na família da gente quem não é doido junta pedra pra jogar no povo’. Não sei se é por isso, mas eu tenho muito interesse por doido, pois eles veem as coisas de um ponto de vista original. E isso é uma característica do escritor também, o escritor verdadeiro não vai atrás do lugar comum, ele procura o que há de verdade por trás da aparência. O doido é danado para revelar isso”.

Confira o trecho completo no vídeo abaixo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: