Notícias

Como são feitas as histórias em quadrinhos? Conheça 7 etapas do processo

Resultado de imagem para Como são feitas as histórias em quadrinhos? Conheça 7 etapas do processo
Crédito: Estátua Spider-Man Homecoming Marvel Gallery (Diamond) / Todas as estátuas foram gentilmente cedidas pela loja Limited Edition (Foto: Tomás Arthuzzi)

As HQs passam por uma longa jornada antes de chegar às bancas. Conheça o passo a passo do processo criativo que envolve vários profissionais e muitos meses de trabalho

Até chegarem à sua estante, os quadrinhos percorrem um árduo caminho do primeiro esboço à versão final que vai para as gráficas. Conheça a seguir quais são os sete principais procedimentos pelos quais uma HQ deve passar até chegar impecável nas mãos e coleções dos consumidores: 

1. Roteiro
Assim como o de cinema, o roteiro de uma HQ deve contar uma história e indicar o que haverá em cada quadro do começo ao fim da edição. Esta é a etapa ideal para estudar técnicas narrativas.

2. Diagramação
Finalizado o roteiro, começa a diagramação. É necessário decidir a quantidade de quadros por página e o peso que cada um deles terá. Os mangás devem ser organizados da direita para esquerda.

3. Desenho
Aqui o produto começa a ficar com cara de HQ. Os desenhos são feitos em folhas com, no mínimo, o dobro do tamanho das que serão impressas, assim o ilustrador pode se dedicar aos detalhes.

4. Balonamento
Atualmente, balões, falas e onomatopeias são criados digitalmente. Antes, o processo era manual e exigia uma letra legível para todos, inspirando fontes como a infame Comic Sans.

5. Colorização
Além de literalmente dar o tom da narrativa, as cores podem causar muita dor de cabeça às gráficas. O Hulk, por exemplo, só é verde porque não acertaram o tom de cinza, sua cor original, na impressão.

6. Montagem
Antes de enviar o projeto para a gráfica, é preciso fazer a revisão do texto, imprimir amostras das páginas e definir o tipo de papel. Feito isso, está tudo pronto para a impressão.

7. Distribuição
Para chegar às bancas, a tiragem da HQ precisa ter grande escala, o que demanda custos altos. Por isso, quadrinistas independentes cada vez mais exploram a internet para vender sua arte.

Fonte: Klebs Júnior, fundador do Instituto HQ e quadrinista brasileiro com passagem por editoras internacionais como DC Comics, Marvel, Malibu e Valiant

Revista Galileu. 3.2.2020.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.