Ir para conteúdo

‘I Am Jesus Christ’, o jogo em que seremos Jesus

Resultado de imagem para I Am Jesus Christ"

Conheça I Am Jesus Christ, um jogo em primeira pessoa que nos colocará no papel de Jesus e que pretende recriar diversas passagens do Novo Testamento.

Algumas pessoas defendem que os games não deveriam abordar temas políticos, dado o potencial explosivo do assunto. Se isso for verdade, o que dizer então da ideia de tentar representar a religião num jogo eletrônico, como será o caso de I Am Jesus Christ e que foi revelado recentemente?

Desenvolvido por um estúdio chamado SimulaM e publicado pela PlayWay, o título tem como objetivo nos colocar na pele de Jesus de Nazaré, com a promessa de recriar diversas passagens presentes no Novo Testamento. Se passando todo em primeira pessoa, o jogo nos permitirá realizar milagres, rezar e até enfrentar o diabo enquanto exploramos um vasto mundo aberto.

Previsto para chegar ao Steam em algum dia de 2020, ainda não temos informações sobre o preço que será cobrado pelo game e dado o histórico da editora, é possível que ele seja compatível com dispositivos de realidade virtual. Também não sabemos muito bem como funcionará sua mecânica, mas a descrição na loja da Valve diz o seguinte:

I am Jesus Christ é um simulador realista inspirado pelo Novo Testamento da Bíblia. Volte aos velhos tempos e siga os mesmos passos de Jesus Cristo, há 2.000 anos. O Jogo cobre o período desde o batizado de Jesus Cristo até a sua ressurreição. Você já imaginou ser como Ele — uma das mais privilegiadas e poderosas pessoas do mundo?

Confira se você consegue realizar todos os famosos milagres da Bíblia como Jesus Cristo. Este é um jogo de simulação e você pode tentar salvar o mundo como Ele fez. Você está pronto para lutar contra o Satã no deserto, exorcizar demônios e curar pessoas doentes? Ou acalmar a tempestade no mar?”

A minha curiosidade é saber como tudo isso funcionará em I Am Jesus Christ, pois como pode ser visto no trailer divulgado pela desenvolvedora, no jogo teremos uma barra que diminuirá conforme realizamos milagres. O que será preciso então para a recuperarmos? Será que apenas rezando já será o suficiente para adquirir mais poder? Isso não tornaria a “aventura” fácil demais?

De qualquer forma, ao menos o jogo não parece ser apenas um walking simulator e por mais que muitas pessoas aproveitarão para rir da sua proposta e até mesmo da descrição feita pelo estúdio, acho a ideia bacana e com um grande potencial para ensinar aqueles que queiram aprender sobre a história de Jesus.

O grande problema aqui será a maneira como parte do público reagirá a um jogo como este. Digo isso porque certamente teremos de um lado aqueles que considerarão o jogo uma enorme blasfêmia, uma brincadeira com um assunto que eles consideram muito importante, enquanto do outro veremos os que apontarão o título com uma piada ou uma propaganda barata da igreja.

Como não tenho o menor interesse em entrar nesta briga, mesmo porque a considero sem sentido, digo apenas que gostei da direção artística escolhida para criar o I Am Jesus Christ e que apesar de não ter encontrado muitas informações sobre a tal SimulaM, não há como criticá-los pela falta de coragem.

Fonte: Slate. Meio Bit. 9.12.2019.

Factótum Cultural Ver tudo

Um Amante do Conhecimento e com o desejo de levá-lo aos Confins da Galáxia !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: