Ir para conteúdo

Doenças mentais pouco conhecidas ou que você nem ouviu falar

Doenças mentais pouco conhecidas ou que você nem ouviu falar

Conheça os sintomas psicológicos e sinais de comportamento que podem ser indícios de distúrbios do gênero.

O estigma social em torno da saúde mental ainda é muito grande, não só pelo preconceito como também pela falta de informação. Mais do que caprichos, manias ou ansiedade, pessoas que têm distúrbios psicológicos ou neurológicos sofrem em silêncio com problemas muito sérios, que podem afetar também habilidades cognitivas e motoras, além da qualidade de vida em geral.

E uma maneira de ajudar esses indivíduos, que podem estar em nosso círculo de convivência, é ficar atento aos sintomas psicológicos e sinais de comportamento e alertá-los a buscarem orientação médica para se tratarem.

Inclusive, algumas dessas condições são pouco conhecidas e talvez você ainda nem tenha ouvido falar.

Abaixo, conheça uma lista das principais categorias de transtornos descritas no Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (DSM). Esse guia do DSM é um dos sistemas mais amplamente utilizados para classificar distúrbios mentais e fornece critérios de diagnóstico padronizados.

Transtorno Factício – É uma síndrome em que os sinais e/ou sintomas de uma doença são forjados ou exagerados intencionalmente pelo paciente quando não existe nenhum incentivo externo claro para tal comportamento. A síndrome de Munchausen, que é quando as pessoas fingem uma doença para chamar atenção, é uma forma grave de transtorno factício.

Cleptomania – A cleptomania – a incapacidade recorrente de resistir a impulsos para roubar, normalmente sem considerar a necessidade ou o lucro – é classificada como um transtorno disruptivo, de controle de impulsos e de conduta.

Piromania – Pouco conhecido, esse transtorno consiste no desejo mórbido e incontrolável de provocar incêndios, queimar ou atear fogo nas coisas. É considerada uma desordem patológica definida pelo comportamento repetitivo de atear fogo de forma proposital e intencional.

Agorafobia – Tipos de transtornos de ansiedade incluem agorafobia, medo de estar em situações onde a fuga pode ser difícil ou que a ajuda não esteja disponível em hipótese, mesmo que distante, das coisas derem errado. É ainda caracterizado pelo medo de entrar em lugares muito abertos ou lotados.

Transtorno de Identidade Dissociativa – Anteriormente conhecido como desordem de personalidade múltipla, o transtorno de identidade dissociativa é caracterizado pela fragmentação da identidade do indivíduo em uma pessoa ou dois ou mais estados distintos de personalidade.

Transtorno Depressivo Induzido por Substância ou Medicação – O uso de certos medicamentos, abuso de substâncias e de álcool pode levar a sintomas clássicos de transtorno depressivo. Além disso, um indivíduo também pode vivenciar esse distúrbio quando tenta parar com o vício.

Transtorno Disruptivo da Desregulação do Humor – Envolve uma irritabilidade persistente, raiva e episódios frequentes de comportamento fora de controle. A desordem, que é um tipo de transtorno depressivo, é diagnosticada em crianças.

Transtorno de Ansiedade de Separação – Também conhecido como transtorno ligado à angústia de separação, esse distúrbio é caracterizado pelo intenso medo e estresse quando o indivíduo é separado de sua casa e de pessoas a quem o indivíduo tem uma forte ligação emocional (por exemplo, os pais, um cuidador ou irmãos).  É comum em crianças em idade pré-escolar em adolescentes, mas pode persistir até a idade adulta. Pode vir a se tornar um problema sério.

Transtorno de Personalidade Esquizotípica – É um tipo de transtorno de personalidade excêntrica, cujos sintomas incluem percepções distorcidas, pensamentos ou comportamentos ‘mágicos’ estranhos, crenças incomuns, aparência estranha e dificuldade para se relacionar com as pessoas. As experiências cognitivas refletem distanciamento da realidade e desorganização do pensamento e da fala.

Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) – É um padrão de preocupação e ansiedade exageradas e permanentes sobre uma série de coisas diferentes no dia a dia. As pessoas com este distúrbio podem estar excessivamente angustiadas com dinheiro, saúde, família, trabalho, etc.

Anorexia Nervosa – É definida pela restrição drástica de alimentos pelo medo de ganhar peso e perturbação na forma da autopercepção do corpo. Pessoas com transtornos alimentares representam a maior taxa de mortalidade entre aquelas que sofrem de alguma doença mental.

Bulimia Nervosa – Caracterizada por preocupações obsessivas com o peso e os padrões alimentares disruptivos, a bulimia nervosa consiste em compulsão alimentar, geralmente seguida de vômitos auto-induzidos, abuso de laxantes ou diuréticos e prática excessiva de exercícios.

Transtorno de Personalidade Borderline – Borderline é uma condição caracterizada por dificuldades em controlar as emoções. Os sintomas incluem um padrão generalizado de instabilidade e hipersensibilidade nos relacionamentos interpessoais, na maneira como se lida com a autoimagem, além de variações extremas de humor e impulsividade.

Transtornos Relacionados ao Álcool – Essas condições se desenvolvem como resultado do consumo abusivo e a longo prazo de álcool. O alcoolismo leva a uma angústia e sensação de sofrimento crônicos e pode influenciar no surgimento de outros problemas físicos e psicológicos.

Parassonias – É uma categoria de distúrbios do sono que envolve comportamentos anormais, percepções e sonhos, ocorrendo ao adormecer, durante o sono ou ao despertar. Pode variar de terrores noturnos, sonambulismo, verbalização e movimentos bruscos e violentos durante o sono REM e comer durante o sono.

Transtorno por Uso de Tabaco – Exemplos de distúrbios relacionados com a substância e dependência incluem distúrbio do uso do tabaco, anteriormente conhecido como dependência da nicotina. Esse transtorno é caracterizado por vários sintomas, como consumo abusivo de tabaco, dificuldade em parar de fumar e desejos regulares.

Deficiência Intelectual – A deficiência intelectual é um distúrbio do neurodesenvolvimento que surge antes dos 18 anos. É caracterizada por limitações significativas tanto no funcionamento intelectual (raciocínio, aprendizagem e resolução de problemas) como no comportamento adaptativo, que abrange uma gama de habilidades sociais e práticas cotidianas.

Transtorno Bipolar – Drásticas mudanças de humor, alternâncias entre a mania (estado eufórico) para um estado depressivo, bem como alterações no comportamento, caracterizam os pacientes com transtorno bipolar.

Transtorno de Apego Reativo – É uma condição encontrada em crianças pequenas que sofreram com abandono ou perda dos pais, negligência, maus tratos e abusos de cuidadores e não conseguem formar laços e relacionamentos afetivos.

Fobias Específicas – Transtornos de ansiedade também podem ser restringidos a fobias específicas, ou um medo extremo de um objeto ou situação específica em um ambiente, como medo de altura e até pavor de dentista.

Atraso Global de Desenvolvimento – Conhecida também como Transtorno Global de Desenvolvimento (TGD), essa condição pode ser considerada como um atraso significativo em duas ou mais áreas voltadas para o aspecto progressivo da criança com idade equivalente ou inferior a cinco anos. Tais atrasos dizem respeito à cognição, competências sociais e comportamentais, fala, linguagem e habilidades motoras.

Narcolepsia – A narcolepsia é um distúrbio do sono caracterizado pela sonolência excessiva durante o dia e por frequentes ataques de sono (em qualquer momento do dia), mesmo quando a pessoa dormiu bem à noite.

Transtorno de Ansiedade de Doença – Anteriormente chamado de hipocondria (o termo não é mais utilizado por causa de sua conotação pejorativa), esse transtorno é o medo exagerado de ter ou adquirir uma doença grave, mesmo se a condição médica não ter sido diagnosticada.

Esquizofrenia – Delírios (crenças que entram em conflito com a realidade), alucinações (ver ou ouvir coisas que realmente não existem) e comportamento catatônico (pensamentos confusos, comportamento bizarro ou movimentos) são apenas três sintomas que caracterizam essa doença mental grave.

Transtorno de Ansiedade Social (TAS) – É relacionado ao medo irracional de ser observado ou julgado, avaliado negativamente ou rejeitado em uma situação social.

Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) – É um tipo de transtorno de ansiedade em que uma pessoa tem obsessões (ideias, imagens ou impulsos recorrentes) e compulsões (também conhecidas por rituais, a necessidade de executar certas rotinas repetidamente). Esse comportamento leva o indivíduo a sentir angústia e ansiedade.

Distúrbio de comunicação – Esse distúrbio afeta a capacidade de um indivíduo de compreender ou de falar de forma eficaz comunicar com os outros.

Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) – Os sintomas do transtorno do déficit de atenção e hiperatividade incluem padrões persistentes de desatenção, hiperatividade e impulsividade.

Distúrbios Cognitivos – Os distúrbios neurocognitivos são caracterizados por déficits adquiridos na função cognitiva. Eles afetam principalmente as habilidades cognitivas, incluindo aprendizagem, memória, percepção e resolução de problemas.

Notícias ao Minuto. 18.10.2021.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: