Ir para conteúdo

Os 15 melhores filmes filosóficos de todos os tempos

Os 15 melhores filmes filosóficos de todos os tempos | Revista Bula

Se a arte tem o poder de incomodar e promover transformações, o cinema faz isso ao promover reflexões e questionamentos no espectador. Para os que gostam de filmes provocadores, capazes de mexer com a nossa visão de mundo, a Bula reuniu em uma lista os 15 melhores longas filosóficos de todos os tempos. A lista abrange longas de diferentes épocas e nacionalidades, todos considerados grandes clássicos que deveriam ser assistidos ao menos uma vez na vida. Entre eles, destacam-se “Muito Além do Jardim” (1979), de Hal Ashby; “Sr. Ninguém” (2009), de Jaco Van Dormael; e “Barton Fink: Delírios de Hollywood” (1991), de Joel e Ethan Coen.

Andrei Rublev (1966), Andrei Tarkovski

Segundo filme do aclamado diretor Andrei Tarkovski, o longa é dividido em sete capítulos e narra a história do pintor russo Andrei Rublev. Em segundo plano, retrata a conturbada Rússia do século 15, cercada de conflitos que resultam na ascensão do czarismo. Liberdade artística, ambiguidade política, religião e autoritarismo são alguns dos temas abordados em “Andrei Rublev”.

O Sétimo Selo (1959), Ingmar Bergman

Após dez anos viajando pelas Cruzadas da Fé, um cavaleiro retorna para sua terra natal e encontra o país devastado pela Peste Negra. Enquanto reflete sobre o que está acontecendo, ele mesmo se depara com a Morte, que deseja levá-lo. Para ganhar tempo, o cavaleiro convida-a para um jogo de xadrez, que decidirá se ele parte com ela ou não. A morte, que nunca perdeu um jogo, aceita o desafio.

Laranja Mecânica (1971), Stanley Kubrick

Em uma sociedade futurista, a violência atinge proporções gigantescas e provoca uma resposta igualmente agressiva de um governo totalitário. Alex é líder de uma gangue de delinquentes que roubam e estupram. Ele acaba sendo preso pela polícia, que o usa numa experiência chamada “Tratamento Ludovico”. Criado pelo Estado, o tratamento é destinado a refrear os impulsos destrutivos dos delinquentes.

O Show de Truman — O Show da Vida (1998), Peter Weir

Truman Burbank é um pacato vendedor de seguros que leva uma vida simples ao lado de sua esposa, Meryl. Mas algumas atitudes das pessoas ao seu redor estão fazendo com que ele desconfie de seus vizinhos, amigos e até de Meryl. Após conhecer a misteriosa Lauren, Truman acaba descobrindo que, desde o seu nascimento, toda a sua vida foi monitorada por câmeras e transmitida como um reality show em rede nacional.

Festim Diabólico (1948), Alfred Hitchcock

Phillip Morgan e Brandon Shaw estrangulam até a morte um amigo em comum, chamado David Kentley. Eles cometem o homicídio apenas como um exercício de intelectualidade, para provar que conseguem realizar o crime perfeito. Para desafiar amigos e familiares, incluindo os pais de David, eles oferecem um jantar em casa e servem a comida em cima do baú em que o corpo da vítima está escondido.

A Última Noite de Boris Grushenko (1975), Woody Allen

No século 19, o jovem pacifista Boris é forçado a se alistar no exército para defender a Rússia contra a invasão francesa. Atrapalhado e neurótico, ele acidentalmente recebe muitas condecorações e se torna um herói nacional. Ele se reaproxima de Sonja, a mulher que sempre amou, e os dois se casam. Mas a situação se complica quando Sonja começa a arquitetar um plano para matar Napoleão Bonaparte.

Viver (1952), Akira Kurosawa

Kanji Watanabe é um idoso que vive em Tóquio e gerencia uma repartição pública há muitos anos. Ele sempre se dedicou extremamente ao trabalho e não tem amigos por conta de suas muitas ocupações. Mas, ao descobrir que tem um câncer no estômago, ele percebe que passou quase toda a vida trancado em um escritório. Então, Kanji é forçado a buscar um significado para sua existência em seus dias finais.

Barton Fink: Delírios de Hollywood (1991), Joel e Ethan Coen

Em 1941, Barton Fink, um dramaturgo de Nova York, está aproveitando o sucesso de suas peças da Broadway. Então, ele é convidado para escrever roteiros de filmes em Hollywood. Inicialmente, Fink recua, pois tem medo de se afastar do “homem comum”, sua real inspiração. Mas depois aceita a proposta e se hospeda em um hotel de segunda categoria, com o objetivo de se isolar das distrações e apenas escrever. Com o passar dos dias, ele enfrenta um forte bloqueio criativo.

Primavera, Verão, Outono, Inverno… e Primavera (2004), Kim Ki-duk

Dois monges vivem em um mosteiro flutuante, num lago cercado por montanhas. Enquanto as estações passam, suas vidas tornam-se mais intensas. Os acontecimentos os conduzem à espiritualidade, mas também à tragédia. Sob o olhar do Velho Monge, o jovem monge experimenta a perda da inocência quando se apaixona por uma mulher e conhece o poder do ciúme e da obsessão.

Melancolia (2011), Lars von Trier

O filme se inicia com o casamento de Justine. Mesmo sendo um dia importante, ela sente uma profunda tristeza. E, ao perceber o desinteresse de Justine, seu noivo a abandona. Apresentando sintomas graves de depressão, ela vai morar com sua irmã, Claire, e seu cunhado, John. Enquanto isso, todos recebem a notícia de que um planeta que vaga pelo espaço, chamado Melancolia, está prestes a colidir com a Terra.

Muito Além do Jardim (1979), Hal Ashby

Chance é um simpático jardineiro que vive na casa do patrão e tem na televisão o único contato com o mundo exterior. Ele não sabe ler e nem escrever, não tem documentos e nunca andou de carro. Oficialmente, ele não existe. Quando o patrão morre, Chance é obrigado a deixar a mansão e fazer novas amizades. Surpreendentemente, tudo que Chance diz ou faz é considerado genial pelas outras pessoas. Assim, ele acaba conhecendo muitos poderosos, incluindo o presidente dos EUA.

O Vício (1995), Abel Ferrara

Um detetive da polícia é viciado em drogas, dinheiro e sexo. Ele usa de sua autoridade para fazer acordos com traficantes, mas fez dívidas altíssimas e sabe que sua família está correndo perigo. Quando uma freira é brutalmente estuprada por dois homens, o policial é encarregado por encontrar os culpados, mas ela diz que não é necessário, pois já os perdoou. Então, o detetive é afetado pelas lições religiosas da freira e recorre à fé para resolver mudar sua vida.

Sr. Ninguém (2009), Jaco Van Dormael

Nemo Nobody é um homem de 118 anos que é o último mortal na Terra, após os humanos terem alcançado a imortalidade. Com a memória esmorecendo, ele tenta se lembrar do que aconteceu durante sua trajetória e se viveu como gostaria. Então, faz um relato sobre as dificuldades advindas do divórcio de seus pais e sobre o relacionamento com os três grandes amores de sua vida.

Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças (2004), Michel Gondry

Joel e Clementine tentaram fazer com que o relacionamento deles desse certo por anos. Cansada dos desentendimentos, Clementine aceita se submeter a um tratamento experimental para apagar Joel de sua memória. Ao descobrir o que a ex fez, Joel decide passar pelo mesmo experimento, eliminando todas as suas lembranças de Clementine. Mas, após se esquecerem, eles se encontram por acaso e se apaixonam novamente.

A Árvore da Vida (2011), Terrence Malick

O filme acompanha a vida de Jack, desde o seu nascimento, nos anos 50, até a idade adulta. Ele é o mais velho dos três filhos da família O’Brien e cresce dividido entre duas visões divergentes da realidade: o autoritarismo e crueldade do pai, e a generosidade da mãe. Certo dia, um trágico acontecimento perturba a família e provoca danos que acompanham Jack durante toda a vida.

Por Mariana Felipe. Revista Bula.

Factótum Cultural Ver tudo

Um Amante do Conhecimento e com o desejo de levá-lo aos Confins da Galáxia !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: