Ir para conteúdo

Política Criminal e Estado de Exceção no Brasil – o direito penal do inimigo no capitalismo periférico

Título: Política Criminal e Estado de Exceção no Brasil – o direito penal do inimigo no capitalismo periférico

Organizadores: Thiago Fabres de Carvalho e Vera Malaguti Batista

Ano de Edição: 2020

Número de Páginas: 300

Editora: Revan

Idioma: Português

Descrição: O fio condutor dos trabalhos aqui reunidos é, precisamente, a confirmação da tese de Michel Foucault, segundo a qual “a política é a continuação da guerra por outros meios” e que, longe de proclamar o fim da guerra civil, a função primordial do Estado consiste em tragá-la para o interior de sua institucionalidade, de modo que o Estado político é especialmente a perpetuação da guerra civil sob o manto frágil e puído dos procedimentos democráticos formais, nomeadamente do Estado de Direito. Seguindo essa trilha, uma história diferente, inusitada, contada desde a periferia do capitalismo, poderá servir de ponto de referência para o desmascaramento definitivo de políticas criminais fundadas sob os horizontes simbólicos das políticas da inimizade e da exceção, a fim de demonstrar as suas roupagens eurocêntricas, colonialistas, autoritárias e genocidas, cujos fundamentos filosóficos representam um continuum do “racismo colonial”.

Factótum Cultural Ver tudo

Um Amante do Conhecimento e com o desejo de levá-lo aos Confins da Galáxia !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: