Notícias

Você sabe o que é atestado ideológico? Ele voltou …

anúncio de emprego

O atestado de ideologia é um documento expedido que afirma que a pessoa não é adepta de ideologia contrária ao governo.

Indeed.com é um site de busca por empregos que está disponível em mais de 50 países.

Atualmente o site publicou o anúncio de uma oferta de emprego de assistente administrativo para trabalhar em Curitiba, onde localiza-se a empresa que quer contratar o profissional.

Além das exigências comuns, como escolaridade, experiência e conhecimentos específicos, causa espécie uma exigência feita pela empresa: os pretendentes ao emprego devem dizer em que candidatos votaram nas últimas eleições.  

Qual o peso que essa exigência poderia ter na escolha de um profissional?

O problema é que, nos tempos de fascismo em que vivemos, a exigência da empresa faz lembrar o famigerado atestado de ideologia, dos tempos da ditadura militar.

O atestado de ideologia era um documento expedido pelo DOPS (Departamento de Ordem Social e Política), que afirmava que a pessoa não era adepta de ideologia contrária às instituições.

A pessoa que havia pertencido a uma organização sindical ou estudantil, ou que tivesse sido denunciado perante algum órgão policial devido a sua posição contrária à ditadura, estava impedido de participar de concurso público, assumir cargo público ou até mesmo trabalhar em empresas estatais.

Este documento era exigido também para viagens ao exterior.

Uma forma de discriminar e excluir quem pensasse diferente.

Quem não tivesse o atestado negativado, com certeza seria considerado um “subversivo em potencial”.

Parece que a exigência da empresa vai por esse mesmo caminho.

Nessa linha, o Governo Bolsonaro também foi estabeleceu “atestado ideológico” para cargos em comissão e de chefias.

Evidentemente, a preferência política será um critério de escolha por parte da empresa e do governo.

Será que quem votou na Dilma em 2014 se insurgirá contra a reforma trabalhista e não será bom para a empresa? E quem votou no Aécio? Ah, esse é a favor da reforma trabalhista e, portanto, interessa à empresa? E se votou contra o Bolsonaro? O que se pretende com a declaração da preferência política de alguém que procura um emprego?

Será que o atestado de ideologia voltou?

Pior: a empresa que quer saber a preferência política de quem vai contratar situa-se na “República Judiciária Independente de Curitiba”.

Segue o baile do fascismo …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.