Ir para conteúdo

Entenda por que a Psiquiatria precisa da Filosofia

por Camila Magalhães

Questão sobre a relação entre Psicologia e Filosofia foi levantada em encontro na Dinamarca

Um dos motivos é que ainda há uma crescente pressão da indústria para a medicalização de indivíduos que buscam atingir seu melhor desempenho e estarem alinhados a uma cultura da performance e do mérito.

Os professores Kendler e Parnas fizeram um encontro na Dinamarca para discutirmos “Por que a Psiquiatria precisa da Filosofia?”. Dentre as respostas para esta difícil pergunta, estiveram: porque o adoecimento mental é presente e crescente na sociedade contemporânea; porque apesar da Psiquiatria ser fundamental na compreensão e cuidado de pessoas em sofrimento emocional, temos enfrentado um enorme reducionismo causal para a manifestação dos transtornos; porque há uma crescente pressão da indústria para a medicalização de indivíduos que buscam atingir seu melhor desempenho e estarem alinhados a uma cultura da performance e do mérito. Ainda há muito o que evoluirmos na compreensão etiológica, ou seja, no estudo das causas de determinados transtornos mentais como, por exemplo, da depressão maior, abuso de substâncias, esquizofrenia e transtornos de personalidade. 

As publicações científicas em revistas de renome somente aumentam as áreas de estudo e compreensão dos fenômenos mentais, passando pela perspectiva biológica (molecular, celular, neuronal, inflamatória), comportamental e psicológica, com uma série de construtos envolvidos no funcionamento do humor, cognição, afeto e memória, sem contar a influência de importantes aspectos sociais na saúde mental do indivíduo como a família, relacionamentos, violência, adversidades vividas na infância, cultura, etnia e processos socioeconômicos. A Psiquiatria precisa da Filosofia também porque embora nossos tratamentos sejam melhor compreendidos e mais eficazes do que há duas ou três décadas, eles estão longe de ser curativos, nem mesmo temos a total compreensão de como eles funcionam; porque dificilmente há um campo prático e teórico da Medicina mais amplo que a Psiquiatria; e, por fim, porque a percepção do mundo é influenciada por nossas concepções teóricas sobre ele.

Além de médicos bem formados, temos de nos preocupar em discutir e questionar o impacto emocional de se viver em tempos de predominância do eu, hiperconectividade, guerra, pandemia, pobreza e do preconceito. Diante dessa complexidade, tem sido crescente o ganho da indústria do bem-estar e do número de oportunistas de todas as áreas se apropriando do tema da saúde mental para dar dicas de sucesso e enfrentamento breve. Vale dizer que o campo da saúde mental é complexo e não representa apenas a ausência de doença mental, mas sim, um estado de bem-estar em que as pessoas realizam suas atividades, conseguem enfrentar o estresse da vida diária, trabalhar adequadamente, render frutos do seu trabalho e ser capaz de contribuir para a sua comunidade.

Camila Magalhães. Jovem Pam. 14.7.2022.

Um comentário em “Entenda por que a Psiquiatria precisa da Filosofia Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: