Ir para conteúdo

5 deuses anteriores a Jesus que têm histórias bem parecidas com a dele

Praticamente todos os ocidentais – e provavelmente boa parte dos orientais também – sabem os pontos mais importantes da história de Jesus Cristo: o nascimento vindo de uma virgem, a visita dos reis magos, a caminhada sobre a água, a crucificação, a ressurreição. Pelo fato do cristianismo ser tão popular e por estes detalhes serem tão intrínsecos à nossa cultura, é fácil acreditarmos que a história de Jesus é única – mas não é bem assim.

Muitos deuses das mais diversas culturas anteriores a Cristo compartilham histórias muito parecidas com o filho do Deus cristão. Alguns especialistas acreditam, inclusive, que a história de Jesus pode ter sido baseada na história de alguns deuses mais antigos. Abaixo, estão 5 exemplos de deuses de povos de diversos cantos do planeta que possuem várias semelhanças em suas histórias com a história da vida de Jesus que nos é contada.

5. Hórus (3.100 a.C.)

Hórus era o Deus do Céu no Egito Antigo. Muitos alegam que a história de Jesus foi diretamente baseada na história de Hórus, e não é para menos. Assim como Jesus, ele tinha 12 discípulos – um deles nasceu de uma virgem em uma caverna. Como Jesus, seu nascimento foi anunciado através de uma estrela, e três homens sábios apareceram!
Hórus foi batizado quando tinha 30 anos por Anup, o batista, assim como Jesus foi batizado por João Batista no Rio Jordão. Além disso, conta-se que Hórus fez levantar um morto e caminhou sobre a água. Finalmente, ele foi crucificado, enterrado em um túmulo e ressuscitou, assim como Jesus.

4. Buda (563 a.C.)

Siddhartha Gautama foi um mestre religioso e fundador do budismo que viveu no século 6 a.C. Assim como Jesus, é conhecido por ter curado os doentes e por ter caminhado sobre a água, além de ter alimentado 500 pessoas com uma cesta de bolos. Muitos dos ensinamentos de Buda eram parecidos com as coisas que Jesus ensinou, incluindo a igualdade para todos. Além disso, passou três dias na prisão e ressuscitou quando morreu.

3. Mithra (2.000 a.C.)

Mithra é uma antiga divindade zoroastrista que possui várias semelhanças com Jesus. Ele veio ao mundo através de um nascimento virginal em 25 de dezembro, e quando nasceu foi envolto e colocado em uma manjedoura. Mais além, teve 12 companheiros (ou discípulos) e realizou milagres. Como o Deus cristão, deu sua própria vida para salvar o mundo, permaneceu morto por três dias e depois ressuscitou. Não bastasse isso, é chamado de “o Caminho, a Verdade e a Luz” e ainda por cima tem sua própria versão de uma “ceia do Senhor” de estilo eucarístico.

2. Krishna (3.000 a.C.)

Uma das principais divindades hindus, Krishna também tem diversas semelhanças com o cordeiro de Deus. Anjos, homens sábios e pastores estavam em seu nascimento. Sabe quais presentes eles deram a ele? Isso mesmo: ouro, incenso e mirra. Além disso, um homem mau e ciumento ordenou a matança de todos os recém-nascidos quando ele nasceu, assim como aconteceu com Jesus. Krishna também foi batizado num rio e realizou milagres, incluindo ressuscitar os mortos e curar os surdos e os cegos. Quando morreu, ascendeu dos mortos para o céu e espera-se que volte à Terra algum dia para lutar contra o “Príncipe do Mal”.

1. Osíris (3.100 a.C.)

Pai de Hórus, Osíris também possuía suas semelhanças com o nazareno. A principal delas: foi morto e ressuscitou três dias depois. Porém ele passou seus três dias morto no inferno. Além de também ter realizado milagres e ter 12 discípulos, Osíris ensinou o renascimento através do batismo na água. [Liberal America]

Hypescience. 6.8.2017.

Um comentário em “5 deuses anteriores a Jesus que têm histórias bem parecidas com a dele Deixe um comentário

  1. Essa “história” de deuses é simplesmente ignorante e mais que ultrapassada. A existência (e as crenças) de um “deus” são fruto da fragilidade e insegurança dos humanos, incapazes de conceber sua capacidade de viver e sobreviver. Simples assim.
    E muitos (incontáveis), ao longo da história, foram se locupletando com esse “endeusamento” forçado, imposto. É só ser um bom observador e inteligente o bastante para constatar o que afirmo.
    Como em minha tese (1976), continuo afirmando convicto que “o homem é um projeto mal-acabado” da natureza!
    Algo deveras bizarro…

    Curtir

Deixe uma resposta para Juan KofflerCancelar Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: